[Angola] Registada redução do número de clientes a utilizar rede de telefonia móvel em 2018

1244

De acordo com os dados do do Instituto Angolano das Comunicações (INACOM), cerca de 35 mil clientes deixaram de utilizar rede de telefonia móvel em Angola durante o ano de 2018.

Os dados do instituto avançam que, os utilizadores de telefonia móvel representam 45,43% da população angolana, o que totaliza 13,2 milhões de habitantes, contra os 13,3 milhões que tinha acesso à rede móvel em 2017, representando uma queda de 0,27%.

No total, 35 531 clientes deixaram de estar ligados à rede de telefonia móvel no ano passado. Já os utilizadores da rede fixa, pouco mais de 171 mil em 2018, registaram um crescimento de 6,69% quando comparados aos 161 mil utilizadores registados em 2017.

Quanto a concorrência, a Unitel continua a dominar o mercado da rede móvel há três anos consecutivos com 75% da quota de mercado, sendo que a Movicel se mantêm nos 25% da fatia de mercado, um cenário que, de resto, já dura três anos, isto é, desde que a Movicel cresceu mais 5% da quota de mercado em 2015.

Já na rede fixa, Angola Telecom domina 58% da quota de mercado, MStelecom 21%, TV Cabo 19% e Startel com 2%. As estatísticas referentes a 2018 espelham ainda que 99% dos usuários da rede móvel utilizaram plano pré-pago e cada cliente falou, em média, 76,36 minutos por mês.