Cabos de fibra óptica da Angola Telecom vandalizados no Cunene

1382

Mais de quinhentos metros de cabos de fibra ótica de 24 pares da Angola Telecom foram vandalizados, no último final de semana, no troço 105 entre a cidade de Ondjiva ao município de Ombadja, província do Cunene, por indivíduos desconhecidos.

Segundo o diretor da Angola Telecom no Cunene, Fernando Santos, falando aos jornalistas, diz que muito provavelmente os cabos foram retirados no período noturno, visto que durante o dia a equipa técnica trabalhou no local.

Fernando Santos frisa que se espera que nos próximos 90 dias, seja devolvido um projeto para a recuperação da fibra ótica, no sentido de voltar a conectar a província do Cunene com a Huíla, que se encontra a cinco anos desligada da linha.

A vandalização vai condicionar o cumprimento da meta estabelecida, mas estamos a envidar esforços para a reposição do cabo, dando sequência ao ritmo dos trabalhos e recuperar o tempo”, reiterou.

MAIS: Angola Telecom com incapacidade financeira de continuar curso normal de negócios

O Diretor argumentou ainda que, para o cumprimento do cronograma, estão trabalhando duas equipas, sendo uma oriunda da Huíla e outra de Ondjiva, para fazer o cruzamento na sede do município da Cahama.

Por fim, acrescentou que há uma estrita necessidade de se garantir a segurança ao longo da linha, para que situações do género não voltem acontecer, por se  tratar de um material que custa muito caro no mercado. O responsável pediu a colaboração das autoridades tradicionais e da população para controlarem a linha, bem como denunciarem os indivíduos que tentarem vandalizar de novo.

Fernando Santos sublinhou também que vão programar ações de sensibilização das comunidades sobre a importância da fibra ótica, no desenvolvimento da província, para estarem mais atentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui