Educação é o caminho para a “consciência espacial” em Angola

1042

A sociedade civil angolana deve despertar a “consciência espacial”, particularmente os jovens, por meio de iniciativas no ensino primário, médio e superior, segundo o diretor do Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional, Zolana João.

O Diretor que falava a margem da Semana Mundial do Espaço, que decorreu de 04 a 10 de outubro, sob o lema “Espaço e sustentabilidade”, frisou que estes eventos são uma boa oportunidade para os profissionais do sector analisarem o seu atual estado e apresentar propostas inovadoras.

As atividades propostas este ano têm como foco a administração de cursos, a promoção, informação e criação de projetos de carácter espaciais e tecnológicos, para os quais contamos com parceiros, como os institutos de Telecomunicações (ITEL), Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências (ISPETC) e os Kandengues Cientistas”, explicou Zolana João.

Pelo quinto ano consecutivo, Angola comemorou a Semana Mundial do Espaço, com a realização de diversas atividades. Ao todo, mais de 600 participantes, dentre os quais estudantes do ensino primário, ensino superior, médio e base, bem como profissionais da área da engenharia, participaram dos eventos que ocorreram em Luanda.

No total, foram realizadas oito atividades, desde palestras, workshops sobre espaço e sustentabilidade, atividades recreativas e educativas organizadas por instituições, tais como a Arotec, uma organização focada nas diversas áreas de tecnologia e com destaque na robótica, ISPTEC, Kandengues Cientistas, Nestlé, através da Aliança para a Juventude, e Instituto de Gestão Ambiental (INGA).

MAIS: Startup KIOXKE e GGPEN juntos para promover o conhecimento e a tecnologia espacial

Tais atividades contaram com o apoio do Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social (MINTTICS) e o Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional (GGPEN), cujos especialistas apresentaram nos diferentes eventos, como as tecnologias espaciais e recursos do espaço podem apoiar a sustentabilidade.

De realçar, que os eventos do acto de abertura da Semana Mundial do Espaço, que contou com a presença do ministro do MINTTICS, Mário Oliveira, e a palestra promovida pelo ISPTEC, foram eventos que com a parceria com o INFRASAT, foram também acompanhados online pelos internautas, através de streaming nas páginas do Facebook e YouTube do GGPEN. Nestas ocasiões, foram apresentadas três aplicações espaciais, que utilizam imagens de satélite para a deteção e monitorização de ativos, nomeadamente, Tech-Gest, Tech-Agro e Tec- Ecologia.

Confira algumas imagens abaixo.

This slideshow requires JavaScript.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui