Edward Snowden afirma que o Facebook é uma empresa de vigilância

0
4902

O Facebook está a atravessar aquela que já é considerada uma das maiores falhas de segurança na sua história e Edward Snowden afirma que a rede social é uma empresa de vigilância.

Edward Snowden, o antigo analista da Agência de Segurança Nacional (NSA) dos Estados Unidos que tornou públicos detalhes sobre os sistemas de vigilância do governo norte-americano sobre os cidadãos, afirmou no Twitter que, o Facebook obtém as suas receitas ao explorar e vender detalhes íntimos sobre a vida privada de milhões de utilizadores, muito além dos escassos detalhes que voluntariamente as pessoas publicam.

Embora o Facebook tenha reconhecido a quebra de segurança, Edward Snowden diz que a rede social faz dinheiro ao recolher e vender registos detalhados de vidas privadas que eram antigamente descritos como empresas de vigilância. A sua reinvenção enquanto redes sociais é o engano mais bem sucedido desde que o Departamento de Guerra mudou de nome para Departamento de Defesa.

Quando em 2010 abriu o Facebook ao mercado, Mark Zuckerberg anunciou, triunfante: “Ao dar às pessoas o poder de partilhar, oferecemos a oportunidade de fazer com que as vozes de todos sejam ouvidas a uma escala surpreendente. Estas vozes vão crescer em número e em volume. Não vão poder ser ignorada.”

Snowden tem republicado tweets que acusa o Facebook de só reconhecer a quebra de segurança quando soube que a imprensa estaria prestes a noticiá-la, tendo guardado segredo desde 2015.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here