Erros fatais que as empresa cometem ao vender online em Angola [Parte 2]

1891

O nosso artigo “Erros fatais que as empresa cometem ao vender online em Angola [Parte 1]“, abordou aspectos relativos ao tipo de pagamento implementado pelas empresas que vendem online, bem como falta de informação, onde as empresas que vendem online cometem o erro de  de “mandar” ou “pedir” ao cliente para enviar uma mensagem ou ligar para saber o preço do produto.

Nesta segunda parte, iremos abordar aspectos relativamente a plataforma usada para se vender online, e os serviços de entrega. Abaixo deixamos os erros e as suas soluções:

3. A Plataforma usada

Várias vezes os clientes deparam-se com páginas no Facebook que se auto denominam “lojas online“, e infelizmente, deste jeito o cliente não conseguiste aceder à mais informações do produto, ou sequer saber a quantidade existente.

Uma Plataforma de vendas online (ou Plataforma e-Commerce) é um ambiente que permite criar Perfis ou Lojas pelos quais é possível divulgar e vender produtos ou serviços na Internet. Hoje, em Angola, existem várias plataformas de vendas online, muitas delas funcionais mas poucas adaptadas a realidade Angolana, por isso escolher a sua plataforma é basicamente a parte mais importante de Todas.

Solução:

Investigue sobre Plataformas de e-Commerce nacionais com métodos de pagamento adaptados a nossa realidade e que forneçam todas as ferramentas que uma loja precise, como por exemplo a  SOBA e-Store.

4- Serviço de entrega

Este é um dos principais problema, não somente para as vendas online mas de forma geral, entregar ao domicílio é um grande desafio para os empreendedores Angolanos pois os custos não são poucos, sem falar do factor “Urbanização” que restringe a área de alcance, fazendo com que somente moradores de centralidades , condomínios e da famosa “Cidade” tenham acesso a este tipo de serviço, o que obviamente é mau para o negócio.

Solução:

Quando decidir implementar um loja online, procure fazer um estudo e saber onde está localizada a maior parte do seu público alvo / possíveis clientes e então analisar,se vale a pena investir em um serviço de entrega. Procure ainda disponibilizar entrega gratuita para um determinado número de produtos (principalmente os vendidos online).

Esperamos que estes conselhos possam ajudar na implementação e sucesso da sua loja online.