Especialistas nacionais reforçam a literacia financeira para evitar burlas

0
1199

Vários especialistas e operadores do sector financeiro nacional são da opinião que a literacia financeira é chave para evitar burlas, algo que tem aumentado muito no país, nos últimos tempos, bem como reforçar a segurança e o número de utilizadores.

Esse modo de pensar veio na IV° Conferência sobre Transformação Digital, subordinada ao tema “Os Desafios da Aceleração Digital em Angola”,organizado pela revista Economia & Mercadoonde os experts foram unânimes em defender que a literacia é o caminho mais fiável para eliminar as burlas e a criminalidade no sector, pois, informam que a criminalidade que temos visto nos últimos meses, na sociedade angolana, está fortemente ligada a falta de conhecimento e informação sobre os processos e procedimentos.

MAIS: Continente africano gera pouco conteúdo, argumentam especialistas

Segundo Eduardo Pinto, Director de Operações e Tecnologias da Unitel, que falava no evento sobre os meios de pagamentos, tendo como foco de tema o novo sistema de transferência instantâneas e o seu impacto na inclusão financeira no nosso país, diz que é “Só vermos a quantidade de pessoas que a boca dos «multicaixas» entregam o cartão a outros para levantar ou transferir” para entender a raiz do problema.

Por outro lado, Pedro Abreu, Administrador Executivo da EMIS, defendeu que a existência de uma marca única, ou seja, uma aplicação única, com a qual todos trabalhem e deem “inputs” pode ser solução para segurança, sem esquecer também da fiabilidade que oferecerá e não só.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here