Facebook activa o Safety Check para a Nigéria

1
2370

nigeria_bandeira_safety_check_facebook

O Facebook uma das maiores redes sociais do mundo, activou esta manhã o seu recurso de “safety check” para a Nigéria, para mostrar a sua preocupação com os afectados pelo atentado à bomba na cidade de Yola na noite desta terça-feira passada.

Podemos ver que a rede de Zuckerberg está a cumprir a sua palavra e mostrando que estão mais atentos com os acontecimentos mundiais, e podemos ver o cumprimento da promessa de estenderem  a activação  da sua ferramenta para mais países afectados por desastres.

O Facebook foi fortemente criticado causando tumulto e insatisfação ao redor do mundo por activar imediatamente a sua ferramenta safety check após os atentados a Paris. E muitos indignados perguntaram-se: por que que não foi activada a mesma ferramenta nos atentados anteriores em memória das vitimas da: Nigéria, Quénia, Síria, Iraque, etc…

O atentado explosivo aconteceu  por volta das 20:00 hora local perto de um supermercado, segundo testemunhas e as autoridades locais, informaram que 32 pessoas tiveram o seu passamento fisico, e outras 80 pessoas feridas.

Podemos ver o post de Mark Zuckerberg na sua pagina do Facebook:

“Após os atentados de Paris semana passada, nós tomamos a decisão de activar o Safety Check para eventos mais trágicos como este daqui para frente. Estamos a trabalhar rapidamente para desenvolver critérios e políticas para determinar quando e como este serviço poderá ser mais útil.

Infelizmente, estes tipos de eventos são muito comuns, então eu não irei postar sobre todos eles. A perda de vidas humanas em qualquer lugar é uma tragédia, e estamos empenhados em fazer a nossa parte para ajudar as pessoas em mais uma dessas situações.” 

Como podemos ver nas palavras de Mr. Zuckerberg, é importante que crie-se um critério especifico e política de uso desta ferramenta, para que as pessoas não saíam por ai a utilizar de forma irônica, e em qualquer mínima situação.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here