Governo Angolano vai apostar na reforma digital da administração pública

0
615

O Governo Angolano está comprometido com a simplificação, digitalização e modernização da administração pública, segundo o secretário do Presidente da República para Reforma do Estado, Pedro Fiete Raimundo.

O gestor público manifestou essa ideia de pensar no evento de lançamento da Conferência Internacional sobre a Transição Digital da Administração Pública em Angola, prevista para Junho próximo, na capital do país, informando que a simplificação e modernização da administração pública é um compromisso do Presidente da República, João Lourenço, para servir melhor o cidadão.

De acordo ainda com Pedro Raimundo, no âmbito da introdução de boas práticas na administração pública foram alargados os prazos de validade de documentos, como o bilhete de identidade,  a carta de condução, bem como a necessidade de certificado de registo criminal para actos administrativos, adiantando ainda que, entre outros, deixou de ser necessária a confirmação de matrícula no ensino geral, a homologação do certificado de conclusão do ensino geral e a declaração policial para obtenção de segunda via de documentos extraviados.

MAIS: Adão de Almeida: Modernização e Transição Digital da Administração Pública exige aprovação urgente

A cerimónia serviu também para apontar a modernização e a digitalização dos serviços públicos como um imperativo para a redução do atendimento presencial e da emissão física de documentos, bem como a racionalização dos custos da prestação do serviço público, afirmando que o grande desafio se prende com a implementação da plataforma de interactividade dos serviços públicos, de modo a interligar a administração pública e assegurar a integração de serviços  da descontinuidade da emissão de documentos.

O país tem que abraçar o desafios da transição digital como exigências que nos impõe o mundo contemporâneo“, sublinhou.

Pelo que foi revelado a conferência sobre transição digital da administração pública foi marcada para 23 e 24 de Junho próximo, e que tem como objectivo analisar os melhores caminhos para a modernização administrativa.

Por outro lado, o evento denominado “www.governo.ao”, visa auscultar cerca de cinco mil participantes nacionais e estrangeiros sobre a concepção de uma agenda com soluções para a transição digital na administração pública, em Angola, de modo a  identificar soluções que coloquem Angola na rota de países com níveis organizacionais aceitáveis a nível da administração pública, promover parceira e a descoberta de mentes brilhantes.

A Conferência Internacional sobre a Transição Digital da Administração Pública em Angola abordou sobre vários assuntos, como a “Governo digital e economia digital”,  “Interactividadade da administração pública, avaliação da satisfação do cidadão”, “Democracia digital” e “Gestão de projectos e inteligência artificial”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui