iPhone 11 irá alertar quando o visor trocado não for original

1294

A Apple lançou recentemente três novas versões do seu mais novo smartphone, são eles o o iPhone 11, o iPhone 11 Pro e o iPhone 11 Pro Max. Ambos trazem uma gama de novidades que já encontram-se disponível para compra.

Os visores do iPhone foram projectadas, testadas e fabricadas para os padrões de qualidade e desempenho da Apple. Isso inclui multi-toque intuitivo e responsivo, alto brilho, óptima precisão de cores, balanço de branco e desempenho para recursos como True Tone, Night Shift e Haptic Touch.

Agora parece que a empresa não quer visores falsos, isso porque a empresa publicou um novo documento de suporte informando que o iPhone 11, 11 Pro e 11 Pro Max apresentarão aos clientes um aviso se os dispositivos não conseguirem verificar uma exibição genuína após um trabalho de reparo no visor.

“Se você precisar substituir o visor do novo iPhone, é importante que técnicos certificados que usam peças originais da Apple para repará-la”.

A Apple analisa uma lista abrangente de problemas que podem surgir se o monitor for trocado de maneira incorrera ou com uma peça não genuína, como problemas com vários toques, problemas com a precisão e o brilho das cores da tela ou o Tom True não funcionar correctamente. “Além disso, os reparos que não substituem adequadamente os parafusos ou as capas podem deixar para trás peças soltas que podem danificar a bateria, causar super aquecimento ou resultar em ferimentos.” Segundo a Apple, esta nova medida se aplica apenas aos novos iPhones e não aos modelos anteriores. Mesmo que não possa ser verificado como genuíno, a exibição não é impedida de funcionar normalmente pelo iOS.