Já começaram os testes com Internet a 100 Gigabits por segundo

899

coluna

Actualmente não se pode dizer qual é a velocidade máxima da Internet em todo mundo, pelo menos em Angola as coisas já tem sofrido algumas melhorias comparando a situações anteriores que poderia ser considerado uma lástima, mas actualmente já existem operadoras Angolanas que estão a comercializar planos de até 20 Mb/s.

Mas pelo que tudo indica, o mundo poderá a ter uma velocidade de Internet que chegará aos 100 Gb/s, que seria uma velocidade muito elevada comparando com o que é comercializado actualmente. O MEF (Metro-Ethernet Forum), órgão que especifica padrões e práticas para as redes Carrier Ethernet deu, pela primeira vez, certificados 100 G para CE2.0 para seis fabricantes ao redor do mundo, que são: Alcatel-Lucent, Ciena, Cisco, Coriant, Huawei e Infinera.

O Certificado é concedido depois das empresas passarem por testes extensivos que mostra que elas suportam conexões CE2.0 de alta velocidade tanto na Internet quanto nos sistemas de Nuvem.

Este certificado permitirá aos fabricantes supracitadas aumentar a sua rede com taxa de transferência aumentada para 100 Gbps, com esse padrão os uploads ficarão dez vezes mais rápidas do que o actual, depois dos testes esses fabricantes foram totalmente aprovadas.

Kevin Vachon (Director de Operações da MEF) chegou ainda a parabenizar as empresas que conseguiram o certificado e explicou que isso permitirá que eles trabalhem com as aplicações mais avançadas baseadas em padrões, como conexões de centros de dados.

As nossas operadoras de telefonia têm seguido bem os novos padrões, será que desta vez também receberemos os “100 Gbps” tão rápido?