Microsoft detectou ataques de phishing russos em três campanhas de 2018

1074

Durante as eleições de 2016, a Rússia foi acusada de ter alterado os resultados das eleições americanas, tendo assim favorecido a vitoria de Donald Trump. Mas parece a historia tende a repetir-se.

Segundo um dos executivos da Microsoft, Tom Burt (vice-presidente de segurança e confiança do cliente da Microsoft), a equipe descobriu uma campanha de spear-phishing visando três candidatos a candidatarem-se à presidência dos EUA em 2018, o mesmo anunciou as descobertas da sua equipe enquanto falava sobre painel do Aspen Security Forum, onde ele também revelou que eles rastrearam a nova campanha para um grupo que se acredita ser operado pela GRU, a maior agência de inteligência estrangeira da Rússia.

Em outras palavras, esses três candidatos estão sendo alvo da mesma organização que se infiltrou na campanha presidencial de DNC e Hillary Clinton em 2016.

Enquanto Burt divulgou as descobertas da Microsoft ao público, ele recusou-se a dizer que são os alvos e quais são os seus partidos devido a preocupações de segurança. Avançou apenas que, no entanto, que eles são “candidatos importantes” que estão ” a concorrer à reeleição”.

Será que a historia de 2016 voltará a repetir-se?