Moçambique: Empresas de telefonia móvel não cumprem com o tempo das chamadas de voz

0
1357

As empresas de telefonia móvel de Moçambique não têm cumprido com o tempo de estabelecimento das chamadas de voz nas redes 2G e 3G, de acordo com uma aferição de qualidade de serviço na primeira semana de Janeiro de 2022, feito pela Autoridade Reguladora das Comunicações (INCM), revela o jornal O PAÍS.

Segundo a investigação feita pelo regulador de Moçambique, foi notado a falta de qualidade de serviços prestados pelas operadoras de telefonia móvel celular no país, principalmente na zona metropolitana de Maputo, com uma satisfação do fluxo de dados e um incumprimento no tempo de estabelecimento das chamadas de voz nas redes 2G e 3G.

Essa actividade do INCM resulta do facto de Moçambique estar em um dos momentos de maior demanda dos serviços das comunicações, e onde essa aferição de qualidade foi realizada nas cidades de Maputo e Matola, distritos de Marracuene e Boane, bem como nas vias de ligação destas cidades, de 1 à 3 do corrente mês, algo que já tinha sido anunciado pelo Presidente do Conselho de Administração do INCM, em 28 de Dezembro de 2021.

MAIS: Moçambique: Governo vai exigir melhores serviços nas três operadoras de telefonia móvel

De referir ainda que, o durante o tempo da aferição, em termos do indicador “tempo de estabelecimento das chamadas” de voz, nas redes 2G e 3G, o INCM notou uma qualidade baixa, considerando o que tinha sido pré-estabelecidas. Enquanto na “taxa de transferência de dados (Data Throughput)” todas as operadoras de telefonia móvel celular no país cumpriram as metas estabelecidas, e onde na rede 4G, a Vodacom é a melhor, com 38,4Mbps, seguido da Tmcel (6,93Mbps) e, em terceiro lugar, a Movitel (4,98).

Outra particularidade vista na aferição do INCM, é que para as redes 2G e 3G, os operadores de telefonia do país conseguiram atingir níveis de “boa” cobertura nacional, visto que se viu acima de 70%. Com isso, permitiu-se a obtenção de informação sobre o nível de cobertura geográfica  e qualidade dos serviços praticados nas tecnologias 2G (GSM), 3G (UMTS) e 4G (LTE), simultaneamente para todos os operadores de telefonia móvel celular, na perspectiva de um utilizador comum.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui