Startup Lumesoft com o projecto “Gurimdata” é a vencedora do Hackathon MAT

0
1274

A startup Lumesoft, com o projecto “Gurimdata”, foi a grande vencedora da primeira edição da maratona de inovação tecnológica, denominada Hackathon MAT, promovida pelo Ministério da Administração do Território (MAT), em parceria com a Kianda HUB, entre os meses de Outubro e Novembro de 2021.

A final da maratona ocorreu no Instituto Superior  Politécnico de Tecnologias e Ciências (ISPTEC), na tarde de ontem(27), e com a presença da redacção do MenosFios, reunindo um grande leque de participantes ligados a aérea de softwares, web designers e outros profissionais de programação, reunidos com o objectivo de criarem ideias inovadoras para solucionar os problemas da administração local do Estado.

Com o software “Gurimdata”, os jovens inovadores da Lumesoft foram os grandes vencedores do concurso,  projecto esse que visa resolver questões ligadas aos conflitos de terras nas administrações locais, de construções anárquicas e ilegais, onde vai receber um milhão de kwanzas de prémio, e passará a participar de acções tendentes a melhorar as comunidade e condições dos munícipes.

Em segundo lugar ficou o software “Adm Acessos”, do grupo Arotec, que visa localizar as administrações  municipais e locais, bem como identificar  todos os serviços prestados aos munícipes e os requisitos necessários para tratar qualquer documento, e irá receber 600 mil kwanzas e será aproveitado para uso nas instituições do Estado.

Por fim, no terceiro lugar ficou o software “Dot Solution”, do grupo Conexão Sublime, que se propõe a usar dados estatísticos na resolução dos problemas sociais que afligem os munícipes.

O Secretário de Estado para as Autarquias Locais, Mácio Daniel, falando aos jornalistas presentes, disse que a maratona HACKATHON MAT vai continuar pelo país, com o propósito de se dar oportunidade aos jovens desenvolvedores para contribuírem com soluções tecnológicas na resolução dos problemas sociais, que também lhes aflige.

Este programa visa ainda reconhecer que do lado da administração pública não existe o monopólio das boas ideias e que existem técnicos e tecnocratas fora da administração pública que podem contribuir com óptimas soluções para melhorar este sector tão importante na vida dos munícipes”, disse Mácio Daniel.

Também esteve presente no evento o Secretário de Estado para as Telecomunicações e Tecnologias de Informação, Mário Oliveira, que informou que o HACKATHON MAT é um exemplo vívido das muitas oportunidades que o Governo Angolano está a dar aos jovens angolanos inovadores, por propiciarem o apoio à economia, além de que o seu pelouro tem muitos programas destes, entre os quais o Digital.ao, recentemente inaugurado no bairro CTT, distrito do Rangel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here