O crescimento das mídias sociais em 2018

726

A humanidade está a caminhar em direção a um futuro onde quase todo mundo será um migrante ou nativo digital. Em mais dez à quinze anos praticamente toda a sociedade estará conectada, com a entrada de novos serviços como a rede de satélites do SpaceX.

Hoje, para cerca de um terço da humanidade que já usa um smartphone, as actualizações de mensagens e status via redes sociais são mais naturais do que ter uma conversa ao vivo. As redes sociais já fazem parte da nossa vida diária e usá-las já está tão comum quanto ligar a TV ou escovar os dentes.

Em um mundo onde as interações sociais são baseadas em emojis e canalizadas através de uma câmara frontal, as plataformas que usamos se tornam mais do que meros provedores de serviços; eles são o tecido conjuntivo de nossa sociedade.

Quais são os serviços que as pessoas estão mais a usar para se comunicar?

Usuários activos mensais (MAUs) é uma métrica comumente usada para avaliar quantas pessoas estão a usa um serviço regularmente. Aqui estão as principais plataformas sociais e de mensagens do mundo por MAUs:

  • Facebook

Por si só, o Facebook é um gigante, mas se adicionarmos as outras plataformas dirigidas por Mark Zuckerberg, é possível traçar uma imagem clara da pessoa que controlou as mídias sociais em 2018.

O Facebook emergiu como as primeiras redes sociais verdadeiramente globais, atingiu um bilhão de usuários activos mensais e popularizou a ideia de mídia social. Actualmente, o Facebook parece estar a atingir patamares de engajamento e crescimento, mas aquisições como Instagram e WhatsApp estão a impulsionar o crescimento para a empresa, com o primeiro a responder por mais de um terço da receita.

  • WeChat

Na China, o WeChat não é apenas um aplicativo típico de mensagem. Esse ” super app ” – que facilita tudo, desde compras no ponto de venda até o acesso a serviços públicos – é provavelmente o modelo que outras plataformas sociais em todo o mundo irão emular à medida que buscam uma integração mais completa com a vida de seus usuários.

Como o WeChat normalmente também é usado para o trabalho, o usuário comum gasta cerca de uma hora no aplicativo por dia. Esse é um nível de engajamento que a maioria das plataformas só pode sonhar.

  • Twitter

Quando as pessoas têm algo a dizer publicamente ou procuram debater grandes questões no ciclo de notícias, muitas vezes usam o Twitter. Tweets de líderes mundiais e CEOs podem ter consequências de longo alcance, e movimentos sociais hashtag uniram mais pessoas do que nunca para afectar a mudança. Para melhor ou pior, o Twitter preenche um papel importante na sociedade moderna.

Infelizmente para o Twitter, uma grande responsabilidade se traduziu em maior escrutínio do que em forte crescimento de receita. A empresa enfrentou controvérsias de alto perfil sobre assédio, bots e notícias falsas, e tem lutado para alcançar as expectativas de crescimento. O Twitter ainda está a experimentar as novas maneiras de monetizar os seus 300 milhões de usuários activos.

Em suma, o ano que está prestes a terminar foi um ano digital e liderado pelas mídias sociais em todo mundo.