Os co-fundadores do Instagram demitiram-se do Facebook

1588

Depois do responsável responsável pela segurança do Facebook ter decidido abandonar a empresa, agora os co-fundadores do Instagram decidiram seguir pelo mesmo caminho, lembrando ainda que, o Instagram é até ao momento, a aquisição de maior sucesso do Facebook.

Kevin Systrom e Mike Krieger, co-fundadores do Instagram, renunciaram ontem à empresa de compartilhamento de fotos. Segundo uma mensagem deixada pelos mesmos, garante que ambos estão a planear tirar um tempo para explorar novamente as suas  curiosidades e criatividade, e dizem ainda que, “Construir coisas novas requer que recuemos, entendamos o que nos inspira e combinamos com o que o mundo precisa; é o que planeamos fazer“.

O crescimento da rede social em questão desde 2012 é em grande parte um produto da visão de Systrom e Krieger, o uso estratégico dos recursos do Facebook e a disposição de competir agressivamente com o Snapchat. O Instagram cresceu de 13 funcionários para mais de mil, com escritórios em todo o mundo.

Agora, a saída de Systrom e Krieger pode afectar a capacidade da rede social de gerenciar suas crises contínuas em torno da interferência eleitoral, notícias falsas e uma percepção geral do público de que o Facebook não é mais saudável para a sociedade ou a democracia.

Vale aqui frisar que, o Instagram tem sido posicionado como uma alternativa de rápido crescimento e sucesso para o Facebook para usuários adolescentes e para aqueles desiludidos pelas violações de privacidade do Facebook e seu maior impacto na vida digital. Sem Systrom e Krieger no comando, o Instagram pode lutar para continuar a crescer no ritmo anterior.