Projecto do novo Bilhete de Identidade sem banda óptica aprovado pela Assembleia

0
4719

Recentemente circulou a informação de que Angola terá um novo BI com microprocessador de dados, onde vão constar números de identificação fiscal, segurança social e do boletim de nascimento, além de elementos tecnológicos de maior segurança. A proposta foi aprovada ontem (quarta-feira, 28 de Junho de 2017), em Luanda, por unanimidade, pelo Parlamento angolano.

Segundo Rui Mangueira (Ministro da Justiça e dos Direitos Humanos), a virtude do projecto reside no facto da substituição da banda óptica por um microprocessador que terá a capacidade de armazenar muitos mais dados, além da vantagem de incluir elementos não visíveis que irão facilitar a vida dos cidadãos.

Quais poderão ser as vantagens deste novo Bilhete de Identidade?

  • redução substancial dos gastos em termos de gestão do actual modelo de BI, acrescentando que os futuros cartões poderão durar entre 10 e 20 anos.
  • 4 em 1 (neste novo bilhete poderá ser incluído o número de identificação fiscal, segurança social e do eleitor).

Qual é o custo deste projecto?

O projecto está avaliado em 243 milhões de dólares, foi planificado para ser implementado num período efectivo de dois à cinco anos e o seu arranque terá início tão logo a Lei seja publicada.

É importante salientar que, o projecto também em primeiro lugar resolverá o problema do registo de nascimento e do registo de óbitos, e ao mesmo tempo também se refere ao registo criminal. A intenção é a implantação de uma nova plataforma tecnologia, com o objectivo de garantir algumas funcionalidades que permitirão dar mais eficiência na questão do Bilhete de Identidade.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here