Spotify finalmente estará disponível em Angola

1
3503

De certeza que muitos angolanos já conhecem a plataforma Spotify, a plataforma de streaming de música que possui mais 217 milhões de usuários ativos mensais em todo mundo, que incluem assinantes e usuários da versão gratuita do aplicação. A plataforma decidiu agora dar uma olhada estratégica em África, com um lançamento para mais 39 nações africanas numa questão de dias.

Dentre os países constam: Angola, Benim, Botsuana, Burkina Faso, Burundi, Capo Verde, Camarões, Chade, Comores, Jibuti, Guiné Equatorial, Estwani, Gabão, Gâmbia, Gana, Guiné e Guiné Bissau. Os restantes são Costa do Marfim, Quénia, Lesoto, Libéria, Madagáscar, Malawi, Mali, Mauritânia, Maurícias, Moçambique, Namíbia, Nigéria, Nigéria e Ruanda. Outros incluem São Tomé e Príncipe, Senegal, Seicheles, Serra Leoa, Tanzânia, Uganda, Zâmbia e Zimbabué.

Para esta expansão, a empresa anunciou que irá também introduzir novas características e actualizar o seu catálogo de podcasts para se adaptar a novos mercados.

Como os angolanos usavam o Spotify sem o serviço estar disponível em Angola?

Antes desta última expansão, os utilizadores do mercado angolano só tinham acesso ao serviço de streaming via VPN, outros registravam as suas contas como utilizadores de outros países como Portugal, Brasil, etc.

Actualmente em África, o mercado de streaming de música tem concorrentes como Audiomack, Youtube Music, Apple Music, Shazam, Deezer e plataformas locais como o MTN MusicTime e Boomplay.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here