Técnicos angolanos recebem formação Aeroespacial em França

1279

Nos últimos tempos Angola tem apostado muito em matérias relativo ao “Espaço”, e para que o sector continue a ser consolidado, seis técnicos angolanos vão frequentar, a partir de Setembro, o ensino superior no sector da engenharia espacial, na cidade francesa de Toulouse. São quadros do Gabinete Geral do Programa Espacial Nacional (GGPEN), afecto ao Ministério das Telecomunicações e Tecnologias de Informação (MTTI).

Os estudantes integram o curso de mestrado em Gestão e Engenharia de Projectos Aeroespaciais. Para complementar a formação, vão ter acesso a estágios na Airbus. Os técnicos angolanos vão fazer a formação no Instituto Superior de Aeronáutica do Espaço (ISAE-SUPAERO), líder mundial do ensino superior no sector da engenharia espacial baseado em Toulouse, em França.

E para apresentar o programa de formação, o Gabinete Geral do Programa Espacial Nacional realiza, amanhã, às 9h30, uma conferência de imprensa na sua sede, CTT – Bairro Km7, Rangel, em Luanda. De acordo com uma nota de imprensa, a formação resulta da colaboração entre o Ministério das Telecomunicações e Tecnologias de Informação e a empresa francesa Airbus, parceira nas construções dos satélites Angosat-2 e 3.

O projecto de formação vai permitir, também, o desenvolvimento das aplicações dos diferentes tipos de satélites que hão-de ser lançados, nomeadamente nas comunicações e na observação da terra.