Tribunal eleitoral do Brasil pondera banir o aplicativo Telegram

0
897
Telegram Messenger logo on the App Store is seen displayed on a phone screen in this illustration photo taken in Poland on January 14, 2021. Signal and Telegram messenger apps gained popularity due to the new WhatsApp’s privacy policy. (Photo illustration by Jakub Porzycki/NurPhoto via Getty Images)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do Brasil está a ponderar banir o aplicativo de mensagens Telegram devido às eleições presidenciais que terão lugar no próximo mês de Outubro, onde essa decisão visa combater a desinformação partilhada nessa plataforma, revela a Reuters.

Segundo a plataforma noticiosa, o TSE está a considerar banir o Telegram porque a empresa ainda não respondeu aos pedidos para se reunir com o organismo. De acordo com aquela instância judicial, o responsável pelo TSE, Luís Roberto Barroso, está a tentar reunir-se com o CEO do Telegram, Pavel Durov, desde Dezembro para que possam discutir medidas de combate à desinformação durante a campanha eleitoral.

MAIS: Telegram ganha 70 milhões de utilizadores com “apagão“ do Facebook, WhatsApp e Instagram

De informar que o TSE alega que o Telegram está em 53% dos telemóveis no Brasil, o que faz com que o mesmo seja um elemento a considerar no combate à desinformação pelos órgãos eleitorais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here