Twitter testa hoje novo sistema de subscrição com crachá azul

1681

A rede social Twitter anunciou que vai lançar hoje um novo sistema de subscrição que inclui um sistema de verificação com o conhecido crachá azul, após vários adiamentos por Elon Musk, proprietário da empresa desde outubro.

Na segunda-feira(12) vamos relançar o ‘Twitter Blue’. Inscreva-se na web por oito dólares por mês ou onze dólares por mês em dispositivos iOS – sistema operativo da Apple utilizado em iPhones – para ter acesso a funcionalidades exclusivas para assinantes, incluindo o crachá azul“, disse a rede social através de mensagens.

O documento detalhava que este distintivo seria de cor dourada para as empresas, enquanto um distintivo cinzento seria acrescentado mais tarde para as organizações “governamentais e multilaterais“. O crachá azul será atribuído aos assinantes, “uma vez que a conta tenha sido revista“.

Os assinantes também poderão editar os seus tweets, publicar vídeos de maior qualidade, um modo de leitura e alterar o seu nome no Twitter e exibir o seu nome ou imagem de perfil, embora tenha sido esclarecido que, “se o fizerem, perderão temporariamente o crachá azul até que a sua conta seja revista novamente“.

Obrigado pela vossa paciência estamos estado a trabalhar para melhorar o Twitter. Estamos entusiasmados e ansiosos por fornecer mais informações em breve“, indicou a rede social.

MAIS: Subscrição do Twitter deverá ser mais cara no iPhone

Musk anunciou em novembro a sua decisão de adiar até 29 de novembro o programa de verificação de pagamentos da plataforma até que possa garantir que é “sólida como uma rocha”, embora os prazos tenham sido alargados.

A decisão do Musk surgiu após vários dias em que os utilizadores da rede social que tinham optado por pagar $7,99 por mês tinham comunicado que não podiam aceder às funcionalidades do ‘Twitter Blue’.

O novo modelo de pagamento proposto pelo bilionário foi alegadamente suspenso após ter levado muitos utilizadores a fazer-se passar por entidades respeitáveis, prejudicando a reputação de empresas ou figuras públicas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui