Unitel terá cobertura de rede em todas as comunas do país até 2021

0
4014

A operadora Unitel anunciou esta quarta-feira que a cobertura de rede nas 542 comunas de Angola, um investimento de mil milhões de dólares iniciado em 2008, estará concluída nos próximos três anos.

Segundo o director-geral adjunto da Unitel, Amílcar Safeca, actualmente, apenas 42% das comunas beneficia de cobertura da rede móvel, entre elas todas as capitais provinciais do país. “O projecto de expansão da rede acrescentou e priorizou a cobertura dos 164 municípios de Angola, processo que terminou 2011, ao mesmo tempo que a empresa está agora a dedicar-se à introdução da quinta geração móvel para acompanhar os desafios da digitação que se colocam às economias em todo o mundo”.

Amílcar Safeca afirmou que a empresa pretende manter-se na “linha da frente” dos operadores em África, algo que se começou a concretizar em 2012, com o lançamento da quarta geração móvel, sendo, na altura, Angola um dos primeiros países do continente a disponibilizá-lo na rede.

O director-geral adjunto da Unitel, garantiu ainda que a empresa vai passar em breve a usar uma tecnologia disponível desde 2017, que permite que o sinal chegue mais facilmente ao interior dos edifícios, com benefícios para as comunicações. Este ano, acrescentou, vai ser duplicada a capacidade da rede nas capitais provinciais, adiantou que, além de Luanda, as cidades de Cabinda, Lubango, Huambo, Benguela, Lobito e Dundo já beneficiam de serviços da quarta geração móvel, que deve chegar ainda este ano a Malanje, Cuito, Soyo, Uíge e Namibe.

Os detalhes do projecto de expansão da rede Unitel chegam numa altura em que, o Governo tem em curso desde final de 2017 o processo de privatização da Angola Telecom, que alargará igualmente o serviço de comunicações de rede fixa para a rede móvel, e o concurso para a atribuição de uma quarta licença para a rede móvel nacional, de voz e dados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui