WhatsApp toma medida para evitar que serviço de mensagens seja banido

1750

O WhatsApp anunciou que, pela primeira vez, vai permitir que o serviço se mantenha a funcionar por via de servidores ‘proxy’ de forma a evitar bloqueios governamentais com intenção de censurar os respetivos cidadãos.

Isto significa que estamos a colocar nas mãos das pessoas o poder de manter o acesso ao WhatsApp se a ligação for bloqueada ou interrompida, anunciou o WhatsApp numa publicação de blogueA escolha de um ‘proxy’ permite-lhe estabelecer ligação ao WhatsApp através de servidores criados por voluntários e organizações em todo o mundo, dedicados a ajudar as pessoas a comunicar livremente.

MAIS: WhatsApp vai permitir videochamadas de mais de 30 pessoas

A medida foi anunciada como reação à tentativa do Irão de bloquear o serviço de mensagens para conter os protestos resultantes da morte de Mahsa Amini às mãos das autoridades locais. O WhatsApp assegura que este tipo de ligação não impactará a encriptação de mensagens do seu serviço.

Existimos para ligar o mundo de forma privada. Apoiamos o direito das pessoas de terem acesso a mensagens privadas. Não vamos bloquear números iranianos. Estamos a trabalhar para manter os nossos amigos iranianos conectados e faremos de tudo dentro da nossa capacidade técnica para manter o nosso serviço ativo e a funcionar, pode ler-se numa mensagem partilhada pelo WhatsApp através do Twitter.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui