YouTuber Austin Jones foi condenado a 10 anos de prisão

1056

Um juiz sentenciou o ex-YouTuber Austin Jones a dez anos de prisão depois que ele se declarou culpado de uma acusação de “recebimento de pornografia infantil”.

O YouTube removeu o canal de Jones em Fevereiro após sua declaração de culpa. A carreira de Jones como músico começou em 2007, e ele ganhou fama no YouTube com capas de músicas populares. Em 2015, surgiram relatos de que ele havia contactado garotas menores de idade para enviar vídeos para si. Jones admitiu as acusações em um vídeo no seu canal, dizendo que ele estava envergonhado, mas negou que solicitou vídeos explícitos dos fãs.

No entanto, Jones foi preso em 2017 por solicitar vídeos explícitos de duas garotas menores de idade, e ele admitiu usar o Facebook e o iMessage para conversar com garotas adolescentes, encorajando-as a enviar-lhe vídeos pornográficos. Jones declarou-se culpado das acusações. Embora o YouTube tenha demonizado sua conta, inicialmente não removeu sua conta após sua confissão, dizendo que o canal em si não violava seus termos de serviço. No entanto, rapidamente mudou de ideia e removeu o canal .