Angola: como será o mercado com a nova operadora móvel?

2878

O mercado da rede móvel em Angola é disputado até ao momento por apenas duas operadoras- a Unitel e a Movicel. Mas sabe-se que está para breve a entrada da terceira operadora no mercado.

A Angola Telecom, a nova operadora de rede móvel que prevê começar a operar em 2018, terá como público-alvo a sociedade no seu todo e terá que entrar com novas estratégias para assim, conseguir adquirir um número considerável de clientes.

Com a entrada de uma nova operadora no país, o mercado da rede móvel dará aos consumidores mais opções de escolha e permitirá mais concorrência com as operadoras que já se encontram em funcionamento. A nova operadora móvel vai incentivar que, os operadores da rede móvel em Angola melhorem ainda mais a qualidade dos serviços que vendem afim de atrair mais clientes e aumentar a respectiva quota de mercado.

Quanto às tarifas, é importante dizer que, não são as operadoras que estipulam os preços dos UTTs em Angola, isso é algo que é estabelecido pelo INACOM-Instituto Nacional de Telecomunicações, mas cada operadora implementa as suas políticas com vista angariar clientes. Um bom exemplo foi dado pela Movicel, com os seus os planos variados.

A política da concorrência procura aplicar regras que assegurem que as empresas concorrem lealmente entre si. A política da concorrência incentiva as empresas e a eficiência, amplia a escolha dos consumidores e contribui para reduzir os preços e melhorar a qualidade.