Angola poderá censurar a Internet e as Redes Sociais no dia das eleições?

1061

Recentemente vimos países africanos como Ruanda que censurou as redes sociais antes das eleições presidenciais, o Quénia que teve planos de desligar a Internet no dia das eleições, e ainda os Camarões que desligou a Internet em algumas regiões.

Os acontecimentos de alguns países têm chamado atenção, nos últimos dias temos constatado que o sinal de Internet tem estado lento em algumas operadoras, sem os usuários saberem as reais causas deste acontecimento. O que nos leva a seguinte questão:

Mas será que Angola poderá censurar a Internet e as redes sociais no dia das eleições?

Felizmente não existe motivos para situações do género acontecer no nosso pais, visto que as eleições decorrem em um clima estável sem necessidade de se recorrer a limitação dos serviços tecnológicos existentes no pais. Nos outros países, a principal explicação das entidades reguladoras, foi a extrema instabilidade causada por algumas pessoas, difundindo mensagens que incitavam a violência durante às eleições.

A nível técnico será ainda mais difícil acontecerem situações do género, numa fase que está previsto o lançamento do primeiro satélite angolano e da chegada primeira ligação directa entre África e América do Sul.

Partilha da mesma opinião?

Para os que não sabem que percurso percorrer para chegar a sua assembleia de voto, podem clicar aqui.