Angola vai lançar pequeno satélite produzido por estudantes

2609

Recentemente o Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional (GGPEN) promoveu a segunda formação sobre pequenos satélites, no Centro de Formação Tecnológico do ITEL (CFITEL). O Curso é uma aposta do GGPEN com propósito educacional e tem como finalidade transmitir para a academia nacional conhecimentos sobre Ciência e Tecnologia Espacial.

Durante o curso, foi produzido um pequeno satélite, denominado “Cansat” produzido em Angola por especialistas de várias Universidades angolanas, que será lançado, na próxima quarta-feira (19 de Junho de 2019), na localidade de Cabo Ledo, em Luanda.

OCansat” é a representação de um satélite real num volume de lata de refrigerante de 330 mililitros, criado pelo Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional (GGPEN) do Ministério das Telecomunicações e Tecnologias de Informação (MTTI), com o concurso do Departamento de Ciências Espaciais e Pesquisa Aplicada (DCEPA), numa cooperação da comunidade académica angolana.

De acordo com uma nota do MTTI, distribuída, os primeiros testes do “Cansat“, para melhor preparação do lançamento foram feitos com sucesso no dia 11 deste mês. As avaliações ocorreram em Cabo Lebo e envolveram, dentre outras entidades, a Força Aérea Nacional (FAN) que disponibilizou um helicóptero para a operação, lê-se no documento.

O lançamento do Cansat está enquadrado no Fórum e Exposição Internacional de Tecnologias de Informação ” Angotic “, que o Ministério das Telecomunicações e Tecnologias de Informação vai organizar de 18 a 20 de Junho no Centro de Convenções de Talatona (CCTA).