Consultório MenosFios: Como ganhar dinheiro com o ClubHouse

0
395

O ClubHouse, mesmo em fase de testes, conquistou as pessoas do dia para a noite, dando a possibilidade aos usuários de conversar com pessoas de todos os lugares do mundo –até mesmo com famosos– por intermédio de aúdios, tornando-se uma boa forma de monetização para inforprodutores e influenciadores digitais. Nesse episódio do Consultório MenosFios vamos mostrar como funciona o aplicativo e, como podes fazer dinheiro com ele.

Então, vamos lá.

Mas afinal, o que é o ClubHouse?

Assim como as outras redes sociais, o ClubHouse é mais uma plataforma de interacção de pessoas, onde a diferença é que, nela, os usuários se comunicam apenas por aúdio, sem nenhum tipo de uso de imagens ou vídeos.

Acho sim um super diferencial da plataforma ser uma plataforma de aúdio. Acho que desmistifica o tímido e a cultura da imagem, dos stories, do excesso de filtro, de foto editada. Ali você nivela as pessoas, e elas conversam de igual para igual“, disse Pedro Gazola, especialista em Marketing de Influência.

No ClubHouse as conversas acontecem em salas que são criadas com o objectivo de discutir um tema bem específico, decidido pelos moderadores e que controlam a entrada das pessoas nas salas -que tem limite máximo de 5 mil pessoas- e que também podem travar o microfone dos convidados, de modo a manter a organização.

Um ponto interessante sobre o ClubHouse é que para entrar em uma conversa é necessário obter um convite, onde cada pessoa que entra na rede social tem o direito a dois convites para dar a quem quiser; e são os próprios usuários que aceitam aqueles que estão na fila esperando para participar da “discusão”.

Mas um aviso que vamos já dar: você será eternamente responsável por aqueles que convida. Segundo Ana Tex, especialista em Marketing Digital, quando “você autoriza alguém no ClubHouse, você também é responsável por essa pessoa. Então, segundo algumas coisas que eu vi, se essa pessoa for bloqueada, você também pode ter problemas no aplicativo“.

 

Motivos do Sucesso do ClubHouse

A especialista Ana Tex vai ainda mais longe, e diz que o aplicativo é cheio de gatilhos mentais, isto é, “recursos de comunicação que deixam a gente mais vidrados e mais ligado“. Um gatilho bem presente na rede social é o networking, visto que a plataforma possibilita a interacção entre pessoas do seu nicho de trabalho ou interesse pessoal.

Acho que todo mundo que entra no ClubHouse sai falando bem de um para o outro: que é rico em conhecimento, que é rico em networking, que é um lugar excelente para as pessoas conhecerem uma às outras. Em tão pouci tempo, por exemplo, já fechei negócios ali. Fechei um contrato para um influenciador que eu agencio em menos de uma semana de uso. Então,de fato, tem um ‘quê’ de LinkdIn aí, porque você conversa com pessoas do seu universo, do seu nicho“, frisou Pedro Gazola sobre a sua experiência ao utilizar o aplicativo.

Ao utilizar o aplicativo, Ana acrescentou também que sempre teve vontade de ter contacto com mais pessoas do seu nicho, e que isso é muito difícil fazer no Instagram.

O ClubHouse é legal porque você está ali ouvindo várias pessoas, você consegue entrar nas salas, as pessoas são mais ‘direto ao ponto’ na hora d efalar alguma coisa. Então é legal porque você entra na sala, ouve um pouco do ponto de vista de cada um, e aí você entende melhor o que cada um está fazendo. Enquanto no Instagram é meio… não sei, eu acho que a gente perde um pouco o foco porque é muita imagem“, disse Ana Tex.

MAIS: Clubhouse com novo recurso de gravação que transforma as salas em podcasts

Mas um dos principais sucesso do ClubHouse é que ela abrange as pessoas que definitivamente gostam de conversar.

Ganhando dinheiro com o ClubHouse

Apesar de todas as possibilidades da rede social que já falamos acima, a oportunidade de fazer dinheiro virou um dos principais assuntos nela, principalmente para infoprodutores e influenciadores digitais. De acordo com que a redacção da MenosFios apurou, ainda não existem informações concretas sobre a monetização do aplicativo. Porém, a directoria do ClubHouse já divulgou um comunicado onde aparenta já estar planejando a possibilidade de investir nos criadores de conteúdos.

planejamos lançar nossos primeiros testes para permitir que os criadores sejam pagos directamente, por meio de recursos como gorjetas, ingressos ou assinaturas“, disse o ClubHouse em nota.

MAIS: Consultório MenosFios: Como tirar o maior proveito ao pesquisar no Google

Então, os criadores de conteúdos podem começar já a apostar no CluHouse como mais uma ferramenta de trabalho, onde se espera que o aplicativo vai começar a colocar publicidades e, para os influenciadores, vai caber a eles embutirem dentro do produto deles a publicidade, como é feito às vezes em podcasts, no canal do Youtube; a marca paga para o próprio influenciador falar dela em determinada sala.

Mas gostariamos de avisar que não é qualquer indivíduo que consegue se dar bem com a plataforma, visto que o ClubHouse funciona muito mais para quem produz algum tipo de conteúdo que não seja só imagem. Isso quer dizer que vai ser um pouco difícil um influenciador de imagem se encontrar dentro do aplicativo do que um produtor de conteúdo em áudio e em vídeo.

Se queres ganhar dinheiro no ClubHouse, o ideal é criar um conteúdo que seja capaz de levar as pessoas para o Instagram ou outra mídia para fazer a conversão de vendas. Uma outra ideia fantástica de conteúdos que podem ser oferecidos a partir do ClubHouse pode ser a transcrição de áudio em texto, elaboração de textos para blogs a partir dos aúdios, criação de mapas mentais sobre o conteúdo conversado lá, bem como roteiro de palestras, pesquisa e construção de conteúdo a partir de temas e questionamentos.

Então, se já fazes parte da rede social ClubHouse, só basta colocares as ideias que citamos acima em práctica. Agora, se estás aguardando a sua vez, comece a se planejar para estar mais do que preparado para quando chegar o seu convite.

 

Na práctica

Reunimos abaixo algumas dicas sobre o ClubHouse.

Não Perca tempo: o mesmo conteúdo pode ser usado para diversas redes sociais. Por exemplo, ao gravar uma live ou IGTV no Instagram, podes transmitir o conteúdo no ClubHouse ao mesmo tempo.

Não perca o foco: coloca um tema objectivo na sua sala e tenta sempre manter ela organizada. A quantidade de pessoas presentes pode acabar atrapalhando a conversa se todos decidirem falar ao mesmo tempo, bem como fugirem do tema programado.

Atinja um grande número de usuários em sua sala: para isso basta colocar pessoas famosas ou influentes para falar.

Cuidado com as salas que você participa: seus seguidores conseguem ver as salas que você frequenta, então tenha cuidado para não causar um choque de imagem, principalmente se tens opiniões fortes na internet e a sala em questão colocar isso em questionamento por se tratar de valores opostos.

Cause boas impressões: traga sempre conteúdo de qualidade e fale coisas interessantes, visto que isso fará com que as pessoas procurem por você mais vezes.

_______________________________________________________________________

Essa foi a análise de algumas coisas que podes fazer que possas ganhar dinheiro com a rede social ClubHouse. Agora, pedimos que os nossos leitores as comentem e que contribuam com informações adicionais que julguem serem necessárias sobre esse mesmo tema.

Todas e quaisquer questões que gostassem de ver aqui respondidas devem ser colocadas no canal de comunicação exclusivo e dedicado ao consultório Menos Fios.

Falamos do email criado para esse fim: [email protected]. Este é o único ponto de receção das questões que nos enviarem. Usem-no para nos remeterem as vossas questões, as vossas dúvidas ou os vossos problemas. A vossa resposta surgirá muito em breve.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui