Processo de filhos de Jonas Savimbi envolvendo Call of Duty Black Ops 2 foi Anulado

0
6111

FC6D7ED4-8834-45FA-9D71-89B279E8E965_w900_r1_s

Recentemente os criadores do jogo Call of Duty Black Ops 2 foram processados por familiares do tão conhecido Angolano Jonas Malheiro Savimbi (Ex Presidente da UNITA). o processo ocorreu nos trâmites normais até ter já um desfecho final.

Segundo Cheya Savimbi (Filho do Ex Lider da UNITA). O Processo foi oficialmente anulado pela justiça francesa onde o mesmo foi apresentado, isso porque porque o mesmo deveria ter passado primeiro pelo Procurador Geral da República. Agora a família terá de recomeçar tudo de novo.

Vale ainda lembrar que o processo foi aberto porque A família argumentava que Jonas Savimbi surge como “um bárbaro” na edição de 2012 do jogo, “Black Ops II”, exigindo uma indemnização de USD 1,1 milhão à filial francesa da editora e a retirada do mercado de “Black Ops II”.

Com esta anulação,  a advogada Carole Enfert, considera avançar com um processo nos Estados Unidos “se os procedimentos de justiça forem mais simples”. Segundo a mesma, o Direito francês está realmente atrasado na área das tecnologias. A legislação tem de evoluir.

A família de Jonas Savimbi reconheceu que este tipo de processo é sempre longo, mas os mesmos dizem estar surpreendidos porque o juiz nem sequer avaliou o desejo deles, só considerou que o processo estava mal dirigido. Ou seja, avaliou a forma e não o conteúdo.

A família de Savimbi cogita ainda abrir um processo nos EUA, no entanto o histórico nao é favorável naquele país, onde Manuel Noriega, Ex-Presidente do Panamá, tentou um processo semelhante contra a Activision (empresa responsável pelo Black Ops), no entanto a Justiça não deu um parecer positivo.

Será que o processo envolvendo Jonas Savimbi voltará a ser aberto?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui