Facebook e Snapchat recolhem dados de utilizadores do iOS de forma ilegal

0
3001

A privacidade dos seus clientes tem sido uma das prioridades da Apple, e neste sentido, no início do ano a tecnológica lançou a funcionalidade App Tracking Transparency (ATT), que está integrada no iOS 14.5, e que solicita aos utilizadores autorização para recolher os dados. Assim, foram estabelecidas regras que impedem que as aplicações recolham determinadas informações.

Tal como seria de esperar, o Facebook e outras aplicações semelhantes rapidamente demonstraram o seu desagrado, visto que estariam a perder negócio bem como dados que são considerados importantes para o normal funcionamento da sua plataforma. Há algum tempo surgiram rumores de que, apesar de ser contra o que fora legalmente estabelecido, o Facebook e o Snapchat poderiam estar a recolher dados, mesmo sem o consentimento dos utilizadores.

Recentemente descobriu-se a existência de uma falha na App Tracking, tendo sido confirmado que o Facebook e o Snapchat estão mesmo a recolher dados dos utilizadores. Foi estabelecido legalmente que a aplicação “não pode derivar dados de um dispositivo com o propósito de identificá-lo exclusivamente“. Desta forma, a recolha de dados tem vindo a ser feita de forma anónima, sem qualquer consentimento.

MAIS: Presidente da Turquia vai criminalizar a desinformação nas redes sociais

De acordo com um relatório divulgado pelo Financial Times, empresas como a Snapchat e o Facebook “foram autorizadas a continuar a partilhar informações de utilizadores do iPhones, desde que os dados sejam anónimos e agregados, em vez de vinculados a perfis de utilizadores específicos”.

Entretanto o Snapchat já tornou público que planeia vender “dados de 306 milhões de utilizadores aos anunciantes”. O Facebook tem tentado encontrar maneiras de continuar a recolher dados apesar de todas as proibições.

Assim, apesar do utilizador ter as configurações no iPhone que impedem as plataformas de rastear as suas informações, provavelmente, algumas aplicações estão a conseguir ter acesso aos seus dados, mesmo sem que este tenha este conhecimento.

A Apple deverá estabelecer novas regras para tentar fazer face a esta situação, pois é provável que o número de utilizadores descontentes aumente no próximos tempos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here