O que marcou o país no sector das TICs em 2022

1801

 

O ano de 2022 chega ao fim e durante os 12 meses, o país registou muitas novidades com relação ao sector das “Tecnologia da Informação e Comunicação”. Diversas soluções foram implementada e claro, os principais destaques vão para a entrada em funcionamento da quarta operadora móvel- Africell e o lançamento do satélite- Angosat-2

O Menos Fios traz aos seus leitores um resumo dos principais registos que mais marcou o país durante o ano que agora termina.

A Africell, quarta operadora móvel em Angola, procedeu em Abril, o lançamento dos seus serviços no país, dando assim mais um passo significativo para a transformação do setor de telecomunicações.

Em Outubro foi lançado o satélite angolano de telecomunicações, Angosat-2, no Cosmódromo de Baikonur, Cazaquistão. O Angosat-2 percorreu 36.000 quilómetros da superfície terrestre ate à órbita geoestacionária, onde deve se posicionar.

Unitel apresentou no mês de Dezembro, o primeiro serviço comercial 5G em Angola denominado “UNITEL Net Casa,” que fornecerá internet ilimitada de alta velocidade para residências e que vai permitir agregar desconto de 50% no serviço dos telemóveis da família.

Os utilizadores de Internet em Angola registaram um “aumento significativo” este ano, com a percentagem dos agregados familiares com ligação a aumentar 3,2 pontos percentuais, face a 2021, um acréscimo de mais de 389 mil usuários de internet.

Em 2022 Angola recebeu o anuncio da chegada do eSIM em Angola pela Africell, a quarta operadora de telefonia móvel lançou oficialmente o serviço.

De forma resumida essas foram as principais novidades que o país registou no sector das TICs durante o ano de 2022. Espera-se que em 2023 o país volte a marcar grandes avanços nesse sector.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui