Americanos confiam mais em Amazon e Google que na Apple

0
1266

A Apple tem vindo a investir consideravelmente em fornecer mais privacidade para os seus utilizadores, sobretudo nos seus serviços e plataformas. Ao longo das últimas actualizações nos sistemas operativos da empresa, foram integradas funcionalidades para fornecer mais privacidade no uso dos mesmos e de apps em geral.

No entanto, de acordo com uma recente pesquisa, o público em geral ainda mantém algumas reservas sobre os planos da empresa, e mais importante, ainda considera tais medidas como insuficientes para que a empresa seja realmente considerada “amiga da privacidade”.

Segundo uma pesquisa realizada pelo The Washington Post, a grande maioria dos norte-americanos ainda não confiam totalmente na Apple, e colocam até mesmo a Google e a Amazon à frente nas escolhas para empresas mais privadas.

Praticamente toda a gente com um smartphone reconhece saber que as plataformas online recolhem informação dos mesmos para apresentação de publicidade direcionada, como é o caso do que acontece no Facebook e Instagram.

dados da pesquisa

Os dados da pesquisa indicam que 53% dos utilizadores entrevistados confiam na Amazon, com 48% a confiarem na Google e 44% na Apple, sendo esta seguida de muito perto pela Microsoft, com 43%.

Por sua vez, entre as aplicações que inspiram menos confiança na recolha de dados encontra-se o Facebook (72%), TikTok (63%), Instagram (60%), WhatsApp (53%) e YouTube (53%). É importante notar que esta pesquisa foi realizada sobre um conjunto de 1058 participantes.

A amostra pode não ser elevada, mas ao mesmo tempo demonstra que ainda existe algum trabalho a fazer para que a Apple realmente seja vista como uma empresa amiga da privacidade, por muito que sejam lançadas novas funções no iOS e macOS para melhorar isso mesmo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here