Microsoft abre centro de testes de software no Quénia

721

A Microsoft inaugurou o primeiro centro de testes de software de África, no Quénia no cenário que coloca a cidade de Nairobi como o lar da inovação tecnológica do continente.

O centro fornecerá mais de mil empregos para jovens quenianos, enquanto aumenta as habilidades tecnológicas no país. O Quénia se torna o quarto país do mundo depois da China, Polónia e Índia a abrigar um centro desse tipo.

O director executivo da Techno Brain Group no Quénia, Manoj Shanker, disse que a Microsoft está a terceirizar os testes e a garantia de qualidade, visto que a sua empresa tem como o principal sistema operacional Windows para a compatibilidade de aplicativos.

O Quénia está pronto para ser o melhor centro de tecnologia em África. A Microsoft apoia com treinamentos e padrões para aperfeiçoar os padrões globais, disse Bamboo Sofola, director de engenharia de software da Microsoft.Os engenheiros da Techno Brain, terão acesso ao mais recente sistema operacional Windows. O centro de testes de Nairobi terá acesso exclusivo às versões de software do Windows Insider que ainda serão lançadas no mercado.

Vale salientar que, o Quénia já conta com um laboratório da IBM, inaugurada em 2013, a instalação está localizada na Universidade Católica de África Oriental, na capital do país e é o décimo segundo laboratório de pesquisa da IBM no mundo e seu primeiro laboratório comercial.