Angola Tech Hub Fórum: Evento abordou a liderança de Angola na transformação digital em África.

0
730

Decorreu no dia de ontem(17) a 1°edição do fórum Angola Tech Hub 2022, organizado pelo Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social (MINTTICS), em parceria com a Internet Technology Angola (ITA), e em conformidade com o tema proposto para este ano pela União Internacional das Telecomunicações (UIT), o objectivo do evento foi reflectir em torno do potencial e desenvolvimento das TIC em Angola, buscando por novas soluções de negócios.

O evento teve presenças nacionais e internacionais, do mais alto nível, das Telecomunicações e Tecnologias de Informação e Comunicação, Banca e Seguros, Oil & Gas, start-ups e muito mais, como Eng.º Wanderley Ribeiro (CEO da KEPYA), Eng.º André Mpumba Pedro (DG do INFOSI), Eng.º Gonçalo Routar Farias (AFRICELL), Eng.º António Zumbuca Francisco (MOVICEL), Dr.º Joaquim Muhongo (INACOM), Eng.º Miguel Geraldes (UNITEL), Eng.º Edson Pereira (ANGOLA TELECOM) e outros nomes que em dois periodos abordaram vários temas ligados às infra-estruturas robustas, como catalisadoras da transformação digital, desafios e oportunidades dos avanços tecnológicos no contexto na economia, infra-estruturas e integração regional na SADC e o empreendedorismo digital como fomentador da diversificação da economia.

De informar ainda que o Angola Tech Hub 2022 esteve destinado a todos os representantes do ecossistema das TIC em Angola e individualidades de vários sectores e extractos, ligados directa ou indirectamente às TIC.

MAIS: Investimentos nas comunicações vai acelerar digitalização

País vai ganhar centro de monitorização de interferências nas telecomunicações

Ainda no evento, foi revelado que o país vai ganhar, a partir deste ano, um Centro de Monitorização e Gestão do Espectro Radioeléctrico para monitorizar as interferências nos sistemas de telecomunicações.

A informação doi revelado por Manuel Homem, Ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, frisando que o centro monitorizará as interferências que possam surgir não só nos operadores de telecomunicações, como em diferentes sectores.

Confira algumas fotos do evento.

This slideshow requires JavaScript.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui