Google recebeu luz verde para o serviço de entrega por drones

675

Uma empresa de entrega por drones da Alphabet (multinacional responsável pela Google), recebeu luz verde tomar conta dos céus da Austrália, com o projeto que é conhecido por “Wing“,  um serviço de drones de entrega autônoma que visa reduzir o congestionamento de veículos nas cidades, aumentar o acesso a bens em áreas rurais e ajudar a aliviar as emissões de CO2 (dióxido de carbono).

De acordo as informações, o serviço esteve a testar as entregas nos últimos 18 meses nos EUA e na Austrália, mas agora foi aprovado para operações de entrega comercial em andamento pela Autoridade de Segurança da Aviação Civil (CASA) da Austrália.

Asa

Que produtos foram entregues durante os testes?

Durante o período de testes, a empresa estava a  usar os seus drones para distribuir “alimentos e bebidas, itens de farmácias de venda livre e café e chocolate feitos localmente”. Ainda durante esse período cerca de 3.000 entregas foram efectuadas, enquanto o serviço estava a ser inspecionado pela CASA, com os reguladores interessados ​​em ver se os drones representavam um risco para o público.

A aprovação do CASA pode ser um grande sinal para outros reguladores de que o projeto é confiável o suficiente para suas próprias jurisdições. No entanto, como é o primeiro dado a qualquer projeto de drone comercial em qualquer parte do mundo, outros reguladores podem continuar a ter cautela para aprovação.